Esta Associação tem como fim assegurar a representação dos médicos associados junto das entidades governamentais, na defesa do acesso à formação especializada a todos os médicos.
Com isto, pretende a efetiva e adequada formação profissional dos médicos, promovendo a qualidade da formação médica em Portugal e contribuindo para Sistema Nacional de Saúde de excelência.
Pretende ainda promover e incentivar a realização de cursos, simpósios e congressos médicos e colaborar com outras instituições ou organizações nacionais e internacionais, com vista a permitir a realização de estágios ou a procura de oportunidades de emprego para os seus associados.

Se é médico, junte-se à nossa causa. Para se inscrever, clique aqui e preencha o formulário de inscrição. Contamos com o seu apoio!

Convocatória para a Reunião da Assembleia Geral

Em conformidade com as disposições legais aplicáveis, são convocados todos os sócios para se reunirem em Assembleia Geral, que terá lugar a pelas 14h00m do dia 29 de maio de 2016 na:

Sala EP 10
Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Nova de Lisboa,
Rua Campo Mártires da Pátria nº130, 1169-056 Lisboa,

Resolução da Assembleia da República recomenda ao Governo a alteração das condições de acesso à formação específica em Medicina

Foi hoje publicado em Diário da República as Resoluções da Assembleia da República n.º 75/2016 e 76/2016 que recomendam ao Governo a alteração das condições de acesso à formação específica em Medicina e a tomada de medidas no sentido de garantir o acesso a formação especializada por todos os médicos

Esclarecimentos da ACSS relativos ao procedimento concursal do Internato Médico

Sendo o primeiro ano em que se implementa na totalidade o RIM 2015, o CNMI colocou uma série de questões concretas, relativas ao concurso Internato Médico 2016, que transcrevemos aqui.

Parecer jurídico referente ao contrato de trabalho celebrado pelos IACS 2015

Conforme consta no Decreto-Lei 45/2009, o internato médico inicia-se logo após a conclusão da licenciatura em Medicina, e tem como objectivo habilitar o médico ao exercício tecnicamente diferenciado na respectiva área profissional de especialização.

O Artigo 4º do Decreto-Lei nº203/2004 estabelece que o internato médico é composto por um período de formação inicial e por um período subsequente de formação específica, tendo o período de formação inicial, designado por ano comum, a duração de 12 meses.

Páginas