Teste rápido de reagina de plasma (RPR)

Para usar os recursos de compartilhamento nessas páginas, habilite o JavaScript.

O teste RPR (reagina plasmática rápida) é um teste de triagem para sífilis. Ele mede substâncias (proteínas) chamadas anticorpos presentes no sangue de pessoas que podem ter a doença.




plano b anticoncepcional

Como o teste é realizado

É necessária uma amostra de sangue.



Preparação para o exame

Geralmente, nenhuma preparação especial é necessária.



Como será o teste

Quando a agulha é inserida para tirar sangue, algumas pessoas podem sentir dor moderada. Outros são apenas uma picada ou ferroada. Depois disso, pode haver uma sensação de latejante ou um pequeno hematoma. Isso vai embora rapidamente.

Razões pelas quais o teste é feito

O teste RPR pode ser usado para detectar a sífilis. É usado para rastrear pessoas quanto a sintomas de infecções sexualmente transmissíveis e para rastrear rotineiramente a doença em mulheres grávidas.



O teste também é usado para ver como o tratamento da sífilis está funcionando. Após o tratamento com antibióticos, os níveis de anticorpos contra a sífilis devem diminuir. Esses níveis podem ser monitorados com outro teste RPR. Níveis inalterados ou crescentes podem significar que a infecção persiste.

O teste é semelhante ao teste de laboratório de pesquisa de doenças venéreas (VDRL).

Resultados normais

Um resultado de teste negativo é considerado normal. No entanto, o corpo nem sempre produz anticorpos especificamente em resposta à bactéria da sífilis, por isso o teste nem sempre é preciso. Resultados falsos negativos podem ocorrer em pessoas com sífilis nos estágios iniciais e tardios. Mais testes podem ser necessários antes de descartar a sífilis.



Significado de resultados anormais

Um resultado de teste positivo pode significar que você tem sífilis. Se o teste de rastreamento for positivo, o próximo passo é confirmar o diagnóstico com um teste mais específico para sífilis, como o FTA-ABS. O último ajudará a diferenciar entre a sífilis e outras infecções ou condições.

A capacidade do teste RPR de detectar a sífilis depende do estágio da infecção. O teste é mais sensível (quase 100%) durante os estágios intermediários da sífilis e é menos sensível durante os estágios iniciais e posteriores da infecção.

Algumas condições podem causar um teste falso positivo, incluindo:

  • Uso de drogas intravenosas (IV)
  • Doença de Lyme
  • Certos tipos de pneumonia
  • Malária
  • Gravidez
  • Lúpus eritematoso sistêmico e algumas outras doenças autoimunes
  • Tuberculose (TB)

Riscos

Tirar sangue traz um pequeno risco. As veias e artérias variam em tamanho de uma pessoa para outra e de um lado do corpo para o outro. Tirar sangue de algumas pessoas pode ser mais difícil do que de outras.

Outros riscos associados à coleta de sangue são leves, mas podem incluir:

  • Sangramento excessivo
  • Desmaio ou tontura
  • Várias punções para localizar as veias
  • Hematoma (coleção de sangue sob a pele)
  • Infecção (um pequeno risco sempre que a pele se rompe)

Nomes alternativos

Teste rápido de reagina plasmática; Teste de rastreio de sífilis

Imagens

  • Exame de sangueExame de sangue

Referências

Radolf JD, Tramont EC, Salazar JC. Sífilis ( Treponema pallidum ) In: Bennett JE, Dolin R, Blaser MJ, eds. Princípios e prática de doenças infecciosas de Mandell, Douglas e Bennett . 9ª ed. Filadélfia, PA: Elsevier; 2020: cap 237.

Força Tarefa de Serviços Preventivos dos EUA (USPSTF); Bibbins-Domingo K., Grossman DC, et al. Triagem para infecção por sífilis em adultos e adolescentes não grávidas: declaração de recomendação da Força-Tarefa dos Serviços Preventivos dos EUA. JAMA . 2016; 315 (21): 2321-2327. PMID: 27272583 www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/27272583 .

Última revisão em 25/08/2019

Versión en portugués revisada por: Jatin M. Vyas, MD, PhD, Assistant Professor in Medicine, Harvard Medical School; Assistant in Medicine, Division of Infectious Disease, Department of Medicine, Massachusetts General Hospital, Boston, MA. Também revisado por David Zieve, MD, MHA, Diretor Médico, Brenda Conaway, Diretora Editorial e o A.D.A.M. Equipe editorial.

Tradução e localização por: DrTango, Inc.

SífilisSífilis Continue lendo Revista NIH MedlinePlus HealthRevista NIH MedlinePlus Health Continue lendo Tópicos de saúde A-ZTópicos de saúde A-Z Continue lendo