Coroidopatia serosa central

Para usar os recursos de compartilhamento nessas páginas, habilite o JavaScript.

É uma doença que causa o acúmulo de líquido sob a retina. É a parte de trás do olho interno que envia informações sobre a visão ao cérebro. O fluido vaza da camada de vasos sanguíneos sob a retina. Esta camada é chamada de coróide.



Causas

A causa desta condição é desconhecida.



Os homens são afetados com mais frequência do que as mulheres, e a condição é mais comum por volta dos 45 anos. No entanto, qualquer pessoa pode ser afetada.




a codeína te deixa com sono

O estresse parece ser um fator de risco. Estudos preliminares descobriram que pessoas com personalidades agressivas do tipo A que estão sob muito estresse podem ter maior probabilidade de desenvolver coroidopatia serosa central.

A condição também pode ocorrer como uma complicação do uso de drogas esteróides.



Sintomas

Os sintomas podem incluir:

  • Um ponto cego escuro e embaçado no centro da visão
  • Distorção de linhas retas com o olho afetado
  • Objetos que parecem menores ou mais distantes do olho afetado

Sinais e testes

Seu médico pode diagnosticar mais frequentemente a coroidopatia serosa central dilatando o olho e realizando um exame oftalmológico. A angiografia de fluoresceina confirma o diagnóstico.

Essa condição também pode ser diagnosticada com um teste não invasivo denominado tomografia de coerência óptica (OCT).



Tratamento

A maioria dos casos desaparece sem tratamento em 1 a 2 meses. O tratamento a laser ou a terapia fotodinâmica para vedar o vazamento pode ajudar a restaurar a visão em pessoas que têm um vazamento mais grave e maior perda de visão ou que têm a doença há muito tempo.

Pessoas que usam medicamentos esteróides (por exemplo, para tratar doenças autoimunes) devem interromper o uso, se possível. NÃO pare de tomar esses medicamentos sem primeiro verificar com seu provedor.

O tratamento com colírios de medicamentos anti-inflamatórios não esteroides (AINEs) também pode ajudar.


o que é cbc com diferencial

Expectativas (prognóstico)

A maioria das pessoas recupera uma boa visão sem tratamento. No entanto, a visão muitas vezes não é tão boa como era antes do desenvolvimento do problema.

A doença reaparece em cerca de metade das pessoas. Mesmo nos casos em que reaparece, tem bom prognóstico. Raramente, as pessoas desenvolvem cicatrizes permanentes que prejudicam a visão central.

Possíveis complicações

Um pequeno número de pessoas apresenta complicações com o tratamento a laser que prejudica a visão central. É por isso que, se possível, a maioria das pessoas se recupera sem tratamento.

Quando entrar em contato com um profissional médico

Verifique com seu provedor se sua visão piorar.

Prevenção

Não há forma conhecida de prevenção. Embora haja uma relação clara com o estresse, não há evidências de que a redução do estresse possa ajudar a prevenir ou tratar a coroidopatia serosa central.

Nomes alternativos

Retinopatia serosa central

Imagens

  • RetinaRetina

Referências

Bahadorani S, Maclean K., Wannamaker K., et al. Tratamento da coriorretinopatia serosa central com AINEs tópicos. Clin Ophthalmol . 2019; 13: 1543-1548. PMID: 31616132 pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/31616132/ .

Kalevar A, Agarwal A. Central serous chorioretinopathy. In: Yanoff M, Duker JS, eds. Oftalmologia . 5ª ed. Filadélfia, PA: Elsevier; 2019: cap 6.31.


sintomas de insuficiência cardíaca congestiva tornozelos inchados fotos

Lam D, Das S, Liu S, Lee V, Lu L. Central serous chorioretinopathy. In: Schachat AP, Sadda SVR, Hinton DR, Wilkinson CP, Wiedemann P, eds. Retina de Ryan . 6ª ed. Filadélfia, PA: Elsevier; 2018: cap 75.

Tamhankar MA. Perda visual: distúrbios da retina de interesse neuro-oftálmico. In: Liu GT, Volpe NJ, Galetta SL, eds. Neuro-oftalmologia de Liu, Volpe e Galetta . 3ª ed. Filadélfia, PA: Elsevier; 2019: capítulo 4.

Última revisão em 18/08/2020

Versión en portugués revisada por: Franklin W. Lusby, MD, oftalmologista, Lusby Vision Institute, La Jolla, CA. Também revisado por David Zieve, MD, MHA, Diretor Médico, Brenda Conaway, Diretora Editorial e o A.D.A.M. Equipe editorial.

Tradução e localização por: DrTango, Inc.

Doenças retinianasDoenças retinianas Continue lendo Revista NIH MedlinePlus HealthRevista NIH MedlinePlus Health Continue lendo Tópicos de saúde A-ZTópicos de saúde A-Z Continue lendo